Mensagem do chairman

Entrevista com o chairman

O ritmo da mudança está acelerado em todas as nossas linhas de negócios. É nossa responsabilidade traduzir esta evolução em benefícios para nossos clientes, proporcionando-lhes rapidamente soluções eficientes e escalonáveis. Esta é a essência do nosso trabalho em campo e de nossa estratégia global

Yves Meignié Chairman and CEO, VINCI Energies, Montesson, FRANCE

VINCI Energies ultrapassou 10 bilhões de euros em volume de negócios em 2015. Isso representa um marco?

Os nossos resultados são bons e refletem o dinamismo e a resiliência do modelo da VINCI Energies. Em uma situação econômica global tensa, principalmente na França, a atividade ficou praticamente estável considerando o mesmo perímetro. As aquisições externas feitas nos anos 2014 e 2015, impactaram a atividade do ano, o que representou 350 milhões de euros de receita adicional, nos permitindo registrar um aumento de 9,4% do nosso negócio. Como resultado de nossos esforços contínuos para antecipar as tendências do mercado e otimizar a produtividade em todas as nossas linhas de negócios, o lucro operacional manteve-se estável em 5,6% da receita. Neste contexto, não é tanto um marco, mas um reflexo de nossa busca determinada e controlada de crescimento rentável.

A estratégia de internacionalização continua no mesmo ritmo que os anos anteriores?

A nossa dimensão geográfica está mudando. Há dez anos, quando a receita era de € 3,5 bilhões, éramos um líder francês em nossa área de atuação, com presença em alguns países europeus. Hoje, somos um líder Europeu, com presença que se estende fora do antigo continente e que está em constante expansão. No ano de 2015, por exemplo, adquirimos a Orteng Engenharia e Sistemas no Brasil e J&P Richardson, na Austrália. Mais de 10% dos negócios da VINCI Energies são realizados fora da Europa, contra 6% em 2014, o que representa um crescimento de 61% em um ano. E devemos alcançar mais um marco simbólico em 2016, já que a atividade fora da França deve representar, pela primeira vez, mais da metade de nossa receita.

Como os mercados de atuação da VINCI Energies estão mudando?

As áreas em que a VINCI Energies opera lhe conferem uma posição singular no centro de duas grandes tendências globais: transição energética e evolução digital. Cidades inteligentes, a indústria do futuro, big data e mobilidade sustentável: há alguns anos, estes temas eram citados por poucas pessoas, hoje estão se tornando parte da vida cotidiana dos nossos clientes. A VINCI Energies lida com estes assuntos em cada um dos seus 250.000 projetos anuais. Nossa marca Omexom, por exemplo, que cobre toda a nossa atividade no mercado de energia, desde a geração até a distribuição,  está centrada na evolução das redes elétricas. Em Tecnologia da Informação e Comunicação, demos uma nova dimensão a marca Axians, com a incorporação da Imtech ICT em 2014 e APX em 2015. Em um mercado em constante mudança, a Axians agora oferece sua expertise em soluções de aplicativos, soluções na cloud e data centers, redes empresariais, soluções colaborativas e infraestrutura de telecomunicação para ajudar os nossos clientes a acompanhar a evolução digital. Essencialmente, a nossa capacidade em desenvolver soluções digitais permeia todos os nossos negócios e nos coloca a frente.

Como difundir esta dupla experiência em transição energética e evolução digital?

A agilidade é fundamental: a nossa capacidade de interconectar perfeitamente as nossas expertises, nos permite apoiar os nossos clientes e oferecer soluções personalizadas. A título de exemplo, em Stuttgart, a Actemium e Axians reuniram os seus conhecimentos em processos industriais e de infraestrutura de segurança de rede para modernizar e garantir os sistemas de controle, automação e monitoramento da rede de abastecimento de água potável da cidade. Isso demonstra a nossa capacidade de atender às novas expectativas dos nossos clientes através da combinação do monitoramento industrial com uma solução de segurança cibernética para a infraestrutura de uma autoridade local. Estamos interligando, cada vez mais, a nossa gama completa de experiência para oferecer soluções abrangentes e serviços no estado da arte. Gerimos em conjunto edifícios comerciais e processos industriais para o mesmo cliente; digitalizamos e modernizamos seguramente uma infraestrutura existente para melhorar a sua eficiência; adicionamos novos recursos a um sistema de iluminação pública, equipando postes com sensores conectados que facilitam a gestão da cidade, em muitos outros campos também.

Como a inovação é tratada na VINCI Energies?

Para começar, gostaria de salientar que cada uma das nossas 1.600 unidades de negócios está focada em inovação. Elas são suficientemente ágeis para identificar as oportunidades no campo e desenvolver uma abordagem colaborativa, para esta finalidade, com parceiros que permita acelerar a implementação de soluções e serviços para o benefício de nossos clientes. Simultaneamente, a VINCI Energies está associada com incubadoras e aceleradoras de start-up, fornecendo a eles campo para testes em torno dos temas da mobilidade, energia e redes inteligentes… Isto é o que fazemos com a Startupbootcamp em Berlin, thecamp em Aix-en-Provence ou o DataCity na cidade de Paris.

A segurança é um dever para um grupo como o seu. Como é implementada?

O nosso objetivo é Zero Acidente para todos os colaboradores, subcontratados e para todos aqueles que trabalham conosco em campo. Em 2015, lançamos a nossa semana da segurança, durante a qual realizamos um balanço do progresso das nossas iniciativas e reiteramos incessantemente os nossos compromissos individuais e coletivos.